A “Caminhada” Via Sottocastello torna-se num percurso de arte

Alguma vez fez uma caminhada ao longo da Via Sottocastello, em Belluno? Se ainda não o fez, recomendamos vivamente a fazê-lo: a rua foi decorada com pinturas de parede, que têm como seu assunto um valorizado edifício desaparecido. Sabe qual? 

Para a requalificação da Via Sottocastello decidiram apostar na decoração de pinturas que têm como tema o palácio chamado “CAMINATA”, edifício que se apresenta como um dos mais prestigiosos no planeamento urbano e história da arquitetura da cidade.

Está previsto a realização de 5 murais em vários edifícios da via, de pequenas dimensões, que têm como tema o palácio acima e os fragmentos do mesmo, que são hoje em dia coletados e preservados nas coleções do Museu Cívico

Os temas representados na Via Sottocastello da Marta Farina

Vejamos especificamente o que foi representado nas paredes da Via Sottocastello, através das palavras de Marta Farina, a artista do projecto:

Os temas escolhidos estão naturalmente ligados às imagens chegadas até nós, imagens que coletei e selecionei, estudando os vários textos sobre Caminata, disponíveis na Biblioteca Cívica. A primeira imagem, a mais importante da série, irá reproduzir fielmente o desenho preparatório de Melchiorre Toller, realizado em cerca de 1835 e denominado “Fachada do Palácio do Antigo Conselho dos Nobres de Belluno”.

Os outros 4 murais a serem realizados, escolhi em vez de reproduzir fielmente e sem qualquer interpretação dos temas, alguns fragmentos de afrescos preservados no Museu Cívico. No palácio existiam alguns ciclos de afrescos de Pomponio Amalteo e Jacopo Da Montagnana: de ambos os artistas, existem apenas alguns pequenos fragmentos de decorações da parede e são apenas alguns desses fragmentos que pretendo reproduzir nas paredes. Trata-se, no caso de fragmentos, de assuntos humanos: Serão reproduzidos rostos e cabeças de homens e mulheres.

caminadacaminada 2caminada 3

 

O projeto “La Caminada” é editado por Marta Farina para o Município de Belluno.